Dúvidas frequentes

O que é dificuldade de aprendizagem?

As dificuldades de aprendizagem podem se caracterizar quando a pessoa apresenta um funcionamento abaixo do esperado considerando a idade cronológica e o seu quociente intelectual (QI). Os resultados obtidos pelo sujeito atrapalham o seu rendimento acadêmico ou a sua vida cotidiana. O Psicopedagogo deve avaliar e intervir nos casos em que considerar necessário. ( SÁNCHES, J.N.G. Dificuldades de Aprendizagem e Intervenção Psicopedagógica. Porto Alegre: Artmed, 2004).

O que é Transtorno de Aprendizagem?

Pode ser considerado como uma disfunção neuropsicológica na qual os problemas dificultam o funcionamento cerebral integrado. Assim na literatura são apontados transtornos que afetam a linguagem falada ou a escrita aparecendo como inabilidades  para escutar, falar, ler, escrever ou mesmo fazer cálculos. Podemos citar alguns, como: o TDAH, as dislalias, disfasias, dislexia, disgrafia, discalculias e transtorno não verbal do aprendizado. (SAPAIO, S. Dificuldades de Aprendizagem: a psicopedagogia na relação do sujeito, família e escola. 3 Ed. Rio de Janeiro: Wak Ed. 2011).

O que é TDAH?

O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é um dos mais citados nos ambientes escolares sendo apontados como o ais trabalhoso devido a inquietação, agitação, impulsividade e dificuldade de concentração. As causas ainda estão sendo estudados, no entanto há possibilidade de existir causa genética. É importante a realização de uma avaliação detalhada, pois outras causas podem favorecer um comportamento com as características de TDAH, situação que promove erros de diagnóstico e a medicalização desnecessária, além do tratamento inadequado e ineficiente para o quadro. (SAPAIO, S. Dificuldades de Aprendizagem: a psicopedagogia na relação do sujeito, família e escola. 3 Ed. Rio de Janeiro: Wak Ed. 2011).

O que é Dislexia?

A dislexia é uma inabilidade específica na leitura, são de origem biológica e há preponderância de distúrbios fonológicos.Deve ser avaliada por uma equipe formado por fonoaudiólogo, psicopedagogo, neuropsicólogo, neurologista. A incidência da Dislexia é pequena, varia de 5% a 8% das crianças que apresentam dificuldade escolar. (Ciasca, S. M. Dislexia no Brasil: momento atual in RODRIGUES, S. D.; AZONI, C. A. S. A.; CIASCA, S. M. Transtornos do Desenvolvimento: Da identificação precoce às estratégias de Intervenção. Ribeirão Preto, SP: Book Toy, 2014.)  A intervenção deve ser realizada por psicopedagogo e fonoaudiólogo.