Entendendo a aprendizagem

Refere-se ao modo como os seres adquirem novos conhecimentos,desenvolvem competências e mudam comportamentos. Aprender é desenvolver novas habilidades para lidar a realidade e o ser humano está apto a aprender muito, assim o processo de aprendizagem envolve a participação integral da pessoa que aprende.

Mas, então, o que acontece com quem não aprende?

Existem inúmeras situações que  podem levar uma pessoa a não aprender, as dificuldades e os transtornos de aprendizagem se caracterizam pela dificuldade ou impossibilidade em aprender habilidades  básicas de leitura, escrita, matemática. A falta de motivação, imaturidade e os problemas comportamentais podem acompanhar estas situações.

Algumas das seguintes caraterísticas podem surgir

A dificuldade apresentada ultrapassa a enfrentada pelos seu colegas de sala de aula.



Dificuldades no aprendizado da leitura,

dificuldades para compreender o que lê,

erros constantes na escrita,

dificuldades para relembrar sequências,

não consegue identificar horas,

lentidão na execução de tarefas,

letra ilegível,

dores de cabeça ao ler,

Dificuldade em entender e lembrar a ordem das operações, regras, fórmulas ou sequências,

é muito distraído ou extremamente agitado, tem dificuldade com ambientes barulhentos, inverte letras,

se esquece das coisas com frequência, entre outros.

É muito difícil compreender o por quê de alguém não conseguir aprender, pode parecer preguiça e falta de vontade!

Mas muitos motivos podem nos levar a não aprender!

Podemos citar alguns aspectos, como:

PROBLEMAS DE ATENÇÃO

(Dificuldade em focar ou fixar a atenção não selecionando os estímulos relevantes dos irrelevantes)

PROBLEMAS DE PERCEPÇÃO

(Dos problemas de percepção as dificuldades visuais e auditivas são aos mais estudadas, mas elas não se referem apenas aos testes audiométricos ou oftalmológicos, por isso há a necessidade de uma avaliação mais efetiva).

PROBLEMAS EMOCIONAIS

(Não é possível explicar ao leitor pois se referem a conhecimentos restritos da área e a obtenção de tais informações podem prejudicá-lo no caso da necessidade de uma avaliação).

PROBLEMAS DE MEMÓRIA

(A memória envolve vários processos que permitem integrar e armazenar as informações, se tornando imprescindível à aprendizagem).

PROBLEMAS COGNITIVOS

(Os processos cognitivos são muito complexos e as aprendizagens simbólicas como a leitura, escrita, cálculo dependem desses processos).

PROBLEMAS PSICOLINGUÍSTICOS

(Os processos psicolinguisticos se referem as formas como o indíviduo compreende a fala do outro ou se manisfesta através dela e pode ser subdividido em três aspectos: receptivos, intergrativos e expressivos).

 

 

PROBLEMAS PSICOMOTORES

(Os problemas psicomotores revelam a imaturidade do Sistema Nervoso Central e podem ser análisados a partir dos movimentos corporais qe se apresentam exagerados, rígidos ou descontrolados).

Não se desespere, se houve identificação de características em você ou em seu filho (a) busque ajuda de um profissional competente.

 

Assim como um construtor ajuda na construção de uma casa, um médico ajuda na preservação e melhoria da qualidade da saúde da população. Existem profissionais especialistas nas áreas de educação e saúde que se comprometem e colaboram para o diagnóstico e tratamentos das causas das dificuldades e trantornos de aprendizagem.

Veja abaixo as profissões que coloboram para um diagnóstico mutidisciplinar.

1. Psicopedagogia

 

De acordo com a  Associação Brasileira de Psicopedagogia - ABPp (http://www.abpp.com.br/documentos_referencias_codigo_etica.html)A Psicopedagogia é um campo de atuação em Educação e Saúde que se ocupa do processo de aprendizagem considerando o sujeito, a família, a escola, a sociedade e o contexto sócio-histórico, utilizando procedimentos próprios, fundamentados em diferentes referenciais teóricos. A psicopedagogia tem como objetivos:

a) promover a aprendizagem, contribuindo para os processos de inclusão escolar e social;
b) compreender e propor ações frente às dificuldades de aprendizagem;
c) mediar conflitos relacionados aos processos de aprendizagem.

O site http://www.abpp.com.br dispõe de uma lista de psicopedagogos  que podem ser encontrados em vários estados brasileiros. Pode ser que tenha um pertinho de você!

 

2. Fonoaudiologia

De acordo com a  Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia- SBFa (https://www.sbfa.org.br/portal2017/themes/2017/departamentos/artigos/materiais_22.pdf)

 A Fonoaudiologia  pode desenvolver ações educativas e pedagógicas para apoio e efetivação da aprendizagem na perspectiva da inclusão e do respeito à diversidade humana, oferecer suporte às atividades em sala regular e no Atendimento Educacional Especializado (AEE) de acordo com as diretrizes específicas vigentes do Ministério da Educação, otimizar o processo de alfabetização e letramento destacando as interrelações dos processos de linguagem, audição, fala, leitura e escrita. Além de orientar atividades de promoção da comunicação oral e escrita a serem desenvolvidas pelos educadores e contribuir com o processo de alfabetização e letramento levando em conta as normativas vigentes para a Educação Infantil e séries iniciais do Ensino Fundamental, as especificidades do processo educativo e as diferentes metodologias educacionais.

 

 3. A Neuropsicologia e a Psicologia

O neuropsicólogo é o profissional capacitado para investigar  a expressão das alterações cerebrais no comportamento.
Utilizando testes padronizados para  investigação do funcionamento cerebral que têm por objetivos:

a) Auxiliar no diagnóstico diferencial (DSM-5) dos transtornos do neurodesenvolvimento;
b) Identificar dificuldades e  das habilidades preservadas;
c) Analisar o impacto das dificuldades na escolarização e no contexto social e familiar;
d) Planejar o tratamento e propor estratégias, com orientação ao sujeito, aos pais e à escola.

 O psicólogo é o profissional capacitado para investigar  a dinâmica emocional e familiar do indivíduo. Utiliza uma variedade de técnicas que tem por objetivo:

 a)  Aumentar a autoconsciência;
b)  Propiciar, ensinar e desenvolver habilidades e estratégias que permitam o alívio do sofrimento;
c)  Promover mudanças no comportamento;
d)  Melhorar as habilidades sociais e de resolução de problemas;
e)  Propiciar formas diferentes e funcionais de lidar com a situação;
f)  Enfatizar a colaboração e a participação ativa da criança e dos pais e profissionais responsáveis.

 

4. Neurologia

Este profissional é capacitado a dar informações sobre algum envolvimento do Sistema Nervoso Central (SNC) na dificuldade como lesões cerebrais e disfunções. (Fonseca, Dificuldades de Aprendizagem, 2016).

 

Caso perceba necessidade busque a ajuda de um dos profissionais citados acima.

 

Em alguns casos o diagnóstico e intervenção precisam ser realizados por uma equipe de especialistas de diversas áreas a fim de assegurar a obtenção e a captação de dados que ajudem a definir as áreas fortes e as áreas fracas o que facilita a tomada de decisões e prescrições em termos educacionais.

Adaptação de Fonseca, Dificuldades de Aprendizagem, 2016 p. 508 e 509



DEPOIMENTOS

 

 

Após avaliação neuropsicológica, psicopedagógica e fonoaudiológica:

“Já não tenho tanto medo de ler mesmo erando e com frequência ouvir alguém falra que eu atropelo as palavras, o litor de texto é uma benção na minha vida, nossa que maravilha!Além da dificuldades peculiares da dislexia, não me apavoro mais para escrever, estou dando aulas de biologia no estado e quando erro alguma palavra meus alunos me corrigem, porque não tive vergonha de falar que as vezes escrevo palavras estranhas rsrs. Estou feliz[…] e estou me preparando para tirar minha carta de motoristas. Demorou para eu aprender a lidar com isso, mais estou melhorando.”

M.C.B.R. 49 anos

Após intervenção psicopedagógica:

“Vai ter textão simmm! Hoje não sei o “tipo” de sentimento” ao qual está em meu coração. Quando vi minha nota só tinha e tenho a agradecer. Valeu a pena as noites mal dormidas, ter que acordar bem cedo para estudar mesmo driblando o sono. Só eu e a F. sabemos né F. ? rsrs .
Meu Deus o sentimento é gratidão. Gostaria de agradecer minha família pelo apoio de sempre.
Eu consegui , as vezes nem acredito. Não por incapacidade, mas pelos palavrões dos textões da professora maravilhosa […]. Eu gastei mais de semanas e consegui compreender. F. você é uma professora maravilhosa . Você terá um futuro maravilhoso. O professor sábio sabe que cinquenta e cinco minutos de trabalho mais cinco minutos de risada valem o dobro do que sessenta minutos de trabalho invariável.
Agradecer imensamente também minha querida A.C.S me colocando para pensar. Além dos estudos eu tinha e tenho que pensar nas sessões e se não penso sou obrigada literalmente ,ou seja, a S. pensa ou pensa. Sem chances.
Muitas vezes doeu, eu até rejeitei algumas coisas e adiantou? Não. kkkk…. mas depois perdi a vergonha de vez e hoje mando ver em tudo. A.C.  obrigada por tudo. Por ir mostrando que quando queremos e empanhamos NINGUÉM PODE NOS SEGURAR.. Gosto muito desse processo de aprendizagem. Ir amadurecendo e vendo o crescimento e tendo a certeza que eu consigo sim.
Foi difícil chegar aqui, mas venho com maior orgulho dizer , eu consegui!
Aceita o conselho dos outros, mas nunca desistas da tua própria opinião.

William Shakespeare

Não vou dizer que é fácil e que nunca deu vontade de desistir, mas vale muito mais a pena continuar. Não, eu não vou parar.

Caio Fernando Abreu

E segue o baile!

S.D.F. ( 32 anos)